Citação · Literatura · Livros · Poesia · Ver e ouvir

Ver e Ouvir Affonso Romano de Sant’Anna

1444313565146

Porque o dia começou mal, e “meu hálito não está para salões.” Porque a violência está fora de controle. Porque estamos todos à mercê. Porque não há quem seja por nós. Porque estamos inseguros, indefesos, indefensáveis. Desarmados, desprotegidos, descrentes. Porque o mal anda rondando, atacando, triunfando. Porque o ar anda irrespirável, as ruas intransitáveis, a vida inegociável.

“Estou farto de violência”, diz ele, o poeta. Também eu estou.

Porque às vezes nos falta o chão. Faltam-nos colo e proteção. Porque a esperança sobe pelas paredes. Porque há dias sem sol, mas nunca sem assalto, sequestro, morte. Porque há aspereza na fala, no gesto e no olhar. Porque não há garantias. Porque há ruído, na rua e dentro. Porque falta humanidade ao ser que se diz humano.

Porque se não me faço entender, ao menos não me faço calar.

Por uma centena mais de porquês, recordo outra vez o poeta. Recordo dele uma fala quase antiga, quase um conselho, (quase) um consolo. Recordo que é, sim, “preciso fazer exercícios de recuperação da delicadeza.” Porque sim. Porque sempre. Porque é tempo.

Anúncios

5 comentários em “Ver e Ouvir Affonso Romano de Sant’Anna

  1. sinto muito pelo que aconteceu com você, mas minha mãe sempre dizia “escreve que passa, filha”, e por isso até hoje cultivo o hábito de desabafar em meu “diário”, se é que posso chamá-lo assim (está mais para um bloco de notas rs)
    aqui em são paulo a situação não é diferente. violência por toda a parte. saímos de casa sem saber o que será de nós ao final do dia. triste, muito triste, mas há que se viver, no fim das contas, não?
    um abraço afetuoso para você. estamos todos juntos nessa.

    Curtir

    1. Ingrid!!
      Que coisa mais querida esse seu comentário!! Obrigada, muito obrigada pelo seu carinho!!
      Inês Pedrosa, em um de seus livros, diz algo mais ou menos assim: “as pessoas são mais imprevisíveis para o bem do que para o mal, e é por isso que não me canso de viver.”
      Que assim seja!
      Um abraço igualmente afetuoso pra você!!

      Curtir

  2. Oh Cris, desculpe por não ter visto antes o post, você tem meu apoio e minha amizade. Assisti ao programa e adorei o modo do Affonso Romano de Sant’Anna contar sobre o seu livro e sobre a necessidade de recuperarmos a delicadeza. Obrigada querida!! Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s