Citação · Literatura · Palavras ao vento · Poema · Poesia

Setembro, mês primaveril


IMG_20150901_185519

Saído agosto, é chegado setembro. E com ele, o nobre sentimento da esperança que sempre vem com a primavera.

Sim, ainda é inverno. Mas algumas flores e os ipês não o sabem. À revelia do calendário, florescem e antecipam cores e aromas. E se primavera ainda não é, ao menos já se inaugura_ no ar e nos ânimos_ o frescor que só ela nos traz.

E o mais bonito da natureza é precisamente isto: a dispensa do calendário dos homens. Alheio às notícias sobre corrupção, violência e morte, meu jasmineiro simplesmente floresce. Floresce e perfuma. Derrama-se sobre o jardim como uma bênção de pura brancura e delicadeza.

Ainda não é primavera, mas eu já aspiro, aprecio e agradeço.

Todo desejo humano é primaveril.

———————————————————————————————————-

O JASMIM

Ferreira Gullar

[…]

Nasce o perfume com as florestas

um silêncio a inventar-se nas plantas

vindo da terra escura

como caules, talos ramos folhas

o aroma

que se torna arbusto _ um jasmineiro.

Nos jardins dos prédios (na rua senador Eusébio,

por exemplo), nos matagais,

são usinas de aromas

a fabricar jasmim anis alfazema

(alguns cheiros são perversos

como o anis

que a muitos poetas endoidou

durante a belle époque;

já o da alfazema

dorme manso nas gavetas de roupas

em São Luís

e reacende o perdido)

Tudo isto para dizer que ontem à noite

arranquei flores de um jasmineiro

no Flamengo

e vim com elas

_ um lampejo entre as mãos_

pela rua

sorvendo-lhe o aroma selvagem

enquanto foguetes Tomahawk caíam sobre Bagdá.

Anúncios

4 comentários em “Setembro, mês primaveril

  1. Bom dia minha querida Cris!
    Que lindo! Ler Ferreira Gullar e ver o Jasmim dos poetas todo florido!! ❤
    Te falei né Cris, é chamado assim por ser o mais belo, perfumado e delicado de todos os jasmins.. e que setembro seja florido e colorido p todas nós!
    Grande beijo

    Curtir

  2. Que coisa mais linda, como nasce o perfume das flores? O poeta Ferreira Gullar nos diz que nasce com as florestas “um silêncio a inventar-se nas plantas”, descreve tão bem o que está dentro delas e floresce na primavera, algo que germina e que mora dentro delas, pra depois chegar nesta estação e apresentar todo seu esplendor. Esta frase encheu meu coração de amor e esperança. Linda primavera pra você Cris!! Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s