Citação · Literatura · Para inspirar · Ver e ouvir

Ver e ouvir Manoel de Barros

1439471924617
Box “Biblioteca Manoel de Barros”, da Editora LEYA, contendo a obra completa do poeta.

Preciso muito deter o mundo. Não esse que está aí fora, cheio de horrores _ na política, no trânsito, no cotidiano_, mas este aqui de dentro. Que por força do que vê do lado de fora, acaba por se angustiar, se fatigar, se entristecer. Entristecido, desanima, desacredita e (quase) desespera.

Para deter o mundo é preciso, deliberadamente, desligar o noticiário, fechar jornais e revistas, perder-se do celular. Ignorar qualquer estímulo que esteja fora, para ouvir o silêncio que espreita por dentro. Para deter o mundo é preciso  que haja muito pouco: um livro, disposição e vontade.

Mempo Giardinelli é um escritor argentino. Professa o valor e a importância da leitura não só através do que escreve, mas de uma fundação que criou para implementar ações político-pedagógicas em prol da cultura e educação. É dele essa visão de que quando se lê_ em atitude de silêncio e entrega_ se detém o mundo. É algo assim como “fechar para balanço”. O mundo lá fora, o mundo aqui dentro. Silêncio. Imersão. Introspecção.

Precisamos todos, de tempos em tempos, que “em algum momento do dia se detenha o mundo.” Precisamos de beleza e poesia, todos nós, “a humanidade, nossos povos, a gente mais simples, todos, sempre, necessitam da poesia _ ainda que não saibam e ainda que se recusem a aceitar_ para mais bem suportar a própria tragédia.”

Preciso muito deter o mundo. Convoquei Manoel de Barros. Sua voz, sua simplicidade e sua poesia acalmam ânimos, sossegam o coração. Por pouco mais de uma hora, terei detido o mundo e já (quase) posso voltar a acreditar.

Anúncios

6 comentários em “Ver e ouvir Manoel de Barros

  1. Lindo texto. Deter o mundo é preciso, de preferência em companhia de Manoel, o poeta pantaneiro, aquele que deu importância aos seres desimportantes, que iluminou a poesia com absurdos, que encantou a todos com os seus despropósitos. E assim, quando quero ser criança leio Manoel de Barros.

    Curtir

  2. Oi Cris!

    Ameeeei!!!!!
    Obrigado por compartilhar esse belo texto, que fez meu meu relógio parar por uns instantes..
    “As palavras que procuravam Manoel de Barros”..tem coisa mais linda!? e seu amor por passarinhos ❤
    Um grande beijo Cris

    Curtir

  3. Estou aqui aplaudindo seu texto!
    Já lhe seguia no instagram, mas fiquei um bom tempo distante de lá e me surpreendi ao encontrar o blog!
    Como precisamos da poesia! Manoel de Barros tem essa magia de nos tirar desse mundo que machuca.
    Aproveito a oportunidade para compartilhar com você e seus leitores, um pequeno vídeo de uns 12 min, também sobre Manoel.
    Dedicatória, é o título.

    https://vimeo.com/43444119

    Espero que goste. Beijo!

    Curtir

    1. Ana querida,
      E eu cá estou aplaudindo esse filme lindo que você compartilhou!! Que bela e delicada produção! “A melhor gratificação é o amor.”
      Grata, muito grata por essa preciosidade!!
      Espero que volte sempre, querida!
      Bjo grande

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s