Citação · Minhas "croniquetas" · Para refletir · Prosa

Literatura e salvação

Literatura é matéria de salvação. Certos textos nos salvam da mesmice, de um certo comodismo existencial, de nossa mais humana condição: a de sermos sós. Bons textos nos salvam, inclusive, de nós mesmos.

No mais recente livro do moçambicano Mia Couto, há um conto intitulado “O moço não mental”. Pura matéria de salvação. Conta o conto que havia esse moço, o Marcito, que “vivia em pasmo.” Não atinava no que dizia, se e quando o dizia. Calado e estático, nunca regressava da escola se não fosse pelas mãos de sua mãe. A mãe que o buscava, que fazia os temas por ele, que respondia por ele, era também uma mãe que se cansava e se consumia. “Ela se cansara de recobrir o atraso do moço. Outras tinham filhos. Ela tinha uma doença. Incurável, definitiva.”

Tomada de cansaços, toma a decisão: naquele dia, deixaria o filho na escola. Abandonaria o moço à própria sorte. “Mudaria de casa, de bairro, de vida. Mas não iria buscar o moço.” Naquele dia, absorta na antecipação da iminência do abandono, tardou a levá-lo pela mão. Quando já a caminho, “seus passos se demoravam, em despedida.” E é então que. Ao portão da escola, um gesto inesperado do “moço não mental” acende, subitamente, uma fagulha, uma centelha de esperança no (incansável) coração materno. “E ficou olhando o filho se afastando, como se nele se inaugurasse um outro ser. O moço entrou, engolido pelo edifício. A mãe não regressou a casa. Ficou ali, sentada no muro, esperando pelas cinco.” Donde se vê: maternidade e esperança andam sempre juntas. Exercícios vitalícios de não-desistência.

Em prosa poética, Mia conta histórias e quem quiser que tire delas alguma lição. Porque a literatura é, sim, matéria de salvação. Desde que se queira se salvar. Porque “quando as obras acertam no símbolo, cada um lê do jeito que precisa.” *

———————————————————————————————————-

* Celso Gutfreind, em “A dança das palavras: poesia e narrativa para pais e professores.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s