Citação · Poema · Poesia

Outra vez Affonso

Autores há que nos preenchem, nos encantam, nos causam a cada releitura o pasmo da primeira vez. E por isso não nos cansam. Ao contrário, deles queremos sempre mais. Ainda que mais do mesmo. Porque, em verdade, o mesmo é sempre outro. Ampliado, renovado, melhorado.

Releio, pois, Affonso Romano de Sant’Anna. E releio em boa, muito boa companhia. Uma companhia fiel e amorosa, doce privilégio de quem tem um cão.

LEVARAM OS SEIS FILHOTES

Levaram os seis filhotes dessa cachorrinha

que chora

geme de desespero

procura suas crias pelos cantos da casa

sob a mesa

no jardim

na lareira

e pede socorro com seus olhos

exigindo explicação.

Perplexo a contemplo:

_ não sabemos nada.

Um mistério, uma pulsão de vida

nos trespassa

e a perda, e a morte

nos horrorizam e nos esmagam

numa impotente solidão.

Affonso Romano de Sant’Anna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s